Bolsonaro veta Fundão Eleitoral de quase R$ 6 bilhões
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Bolsonaro veta Fundão Eleitoral de quase R$ 6 bilhões

Como era esperado, já que ele mesmo anunciou, o presidente da República, Jair Bolsonaro, vetou o Fundão Eleitoral de R$ 5,7 bilhões, recentemente aprovado no Congresso Nacional, através da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Bolsonaro sancionou na sexta-feira (20), a LDO para 2022, mas vetou o trecho que poderia permitir que o Fundo Eleitoral chegasse a quase R$ 6 bilhões, que seria usado pelos paridos nas eleições do ano que vem.

“Dentre os vetos, o presidente da República decidiu barrar o aumento do Fundo Eleitoral (Fundo Especial de Financiamento de Campanha) e as despesas para o ressarcimento das emissoras de rádio e de televisão pela inserção de propaganda partidária. Com isso, em relação ao Fundo Eleitoral, a Lei Orçamentária contará com o valor que será definido pelo Tribunal Superior Eleitoral para o ano de 2022, com base nos parâmetros previstos em lei, a ser divulgado com o envio do PLOA-2022”, diz trecho do material divulgado pelo Planalto.

O novo valor do fundo será definido na votação do Orçamento Geral da União. A equipe econômica defende um valor de R$ 2,1 bilhões, que seria a correção do último valor pela inflação.

É aguardar e conferir, mas que a população brasileira gostou do veto, isso parece quase uma unanimidade.

Categoria: Notícias