Com 437 votos, Câmara cassa mandato da deputada Flordelis
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Com 437 votos, Câmara cassa mandato da deputada Flordelis

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) teve o seu mandato cassado pela Câmara dos Deputados, nesta quarta-feira (11), após análise final dos parlamentares em sessão plenária.

Ao todo, foram 437 votos favoráveis à cassação, um número bem superior ao de votos mínimo necessários, que era de 257. Sete deputados votaram contrário e foram registradas 12 abstenções.

Flordelis é suspeita de ser a mandante do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, ocorrido em 16 de junho de 2019, na porta da casa onde os dois viviam com os filhos, em Niterói (RJ). O casal havia conquistado notoriedade por ter criado 55 filhos, a maioria adotados.

Em junho, o Conselho de Ética da Câmara já tinha aprovado, por 16 votos contra um, a perda do seu mandato.

Flordelis, que sempre negou ser a mandante do crime, é ré na Justiça e responde por homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio, uso de documento falso e associação criminosa armada.

Além de perder o cargo, a deputada ficará inelegível por determinação da Lei da Ficha Limpa. Também com a decisão, ela perde a imunidade parlamentar.

Categoria: Notícias