Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Auxílio Brasil passa a valer em novembro sem garantia dos R$ 400

O Ministério da Cidadania confirmou que pretende começar a pagar o Auxílio Brasil – substituto do Bolsa Família – já no mês de novembro. Mas, ainda não será possível depositar a complementação temporária, que vai elevar o benefício para o minimo de R$ 400 por família. Esse valor só deve ser atingido em dezembro.

O Auxílio Brasil seguirá o mesmo calendário do programa petista, mas com um reajuste de 20% sobre os valores. As primeiras parcelas devem entre os dias 17 e 30 de novembro. Ou seja, para quem recebe R$ 200 de Bolsa Família, por exemplo, o pagamento seria de R$ 240 em novembro; e passaria a R$ 560, em dezembro.

A problemática é a fonte de recursos para o novo programa. Para que seja cumprido o planejamento acima, o Congresso teria que aprovar, até o fim de novembro, a proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Precatórios, que já está sendo chamada de PEC do Calote. O texto autoriza o governo a adiar o pagamento de dívidas judiciais, e, com isso, destinar mais dinheiro ao Auxílio Brasil.

Categoria: Notícias