Chapa Lula/Dino cresce no PT e no PCdoB
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Chapa Lula/Dino cresce no PT e no PCdoB

Cresce o sentimento no PT e PCdoB da repetição da aliança PT/PCdoB para a disputa presidencial em 2022. Em 2018, as duas agremiação foram com Fernando Hadad (presidente ) e Manuela D`Ávila (vice-presidente) e não lograram êxito.

Para 2022, lideranças do PT, como o deputado federal e vice-presidente nacional do PT, Paulo Teixeira (SP), vem defendendo desde 2020 o nome do governador do Maranhão como vice, quando ainda se especulava na cabeça o nome de Fernando Hadad.

Agora, com a possibilidade de Lula virar finalmente elegível, cresceu no núcleo petista a formação da chapa com o ex-presidente e na vice Flávio Dino, considerada a única com chances reais de vencer Jair Bolsonaro.

Dino, na semana passada, comentou que teve trocas de telefonemas com Lula na segunda-feira (8), data em que o ministro do STF Nelson Fachin tornou nulas as condenações contra o ex-presidente do PT.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) é outra liderança do partido que defende os dois nomes na composição da chapa, assim como o ex-deputado e ex-presidente da OAB-RJ, Waldir Damous, que também lançou o nome de Dino como vice de Lula.

Porém, o governador tem insistido que vai mesmo disputar a vaga de senador, mas se tiver a garantia que Lula estará bem em 2022, aceita de o convite para compor com o amigo petista.

E em assim sendo, acha que fará a chapa proporcional no Maranhão, elegendo para governador Carlos Brandão, como vice-governador Márcio Jerry, e um nome ao Senado, ainda a ser escolhido. Em política tudo é possível. E no Maranhão, até boi pode voar.

Categoria: Notícias