Dino tenta consenso para evitar racha na base do seu grupo político
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Dino tenta consenso para evitar racha na base do seu grupo político

Na noite de quinta-feira (15), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), esteve reunido com os dois principais pré-candidatos do seu grupo político ao Governo do Estado em 2022 – o vice governador Carlos Brandão (PSDB) e o senador Weverton Rocha (PDT).

O comunista demonstra que não quer repetir o erro das eleições de 2020 em São Luís, quando laçou um consórcio de candidatos e perdeu a disputa para o atual prefeito da capital, Eduardo Braide (Podemos).

Dino demonstra que vai tentar um consenso para evitar um racha no seu grupo político.

“Hoje tive longa e produtiva reunião com o vice-governador Carlos Brandão e com o senador Weverton. Somos aliados de longa data e temos compromisso quanto à continuidade das mudanças positivas no Maranhão. No tempo certo, irei coordenar os diálogos necessários com o nosso grupo”, afirmou o governador.

Já Carlos Brandão deixou claro a liderança de Flávio Dino no processo eleitoral de 2022 e também ainda aposta num consenso.

“Acrescentaria só mais um ponto: a reunião que tivemos hoje, sob o seu comando, mostra que temos um líder. Encontro proveitoso, sim, porque entendemos que construímos forte alicerce, ao longo destes anos de caminhada”, destacou o vice-governador.

Weverton, por sua vez, afirmou que o grupo segue firme e focado no melhor para o Maranhão.

“Boa conversa hoje com o governador Flávio Dino e o vice-governador Carlos Brandão. As mudanças positivas precisam continuar e no Senado estarei sempre trabalhando para apoiar o Maranhão. Nosso grupo segue firme, focado no que importa: o melhor para os maranhenses”, disse o senador maranhense.

É aguardar e conferir, mas dessa vez, Dino, ao contrário do que fez em 2020, demonstra que quer o grupo unido para não ter uma nova surpresa nas urnas em 2022.

Categoria: Notícias