Márcio Jardim condena prioridade para professores na vacina contra Covid-19 e recebe críticas
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Márcio Jardim condena prioridade para professores na vacina contra Covid-19 e recebe críticas

Por meio do Twitter, o professor petista e, atualmente secretário de Comunicação de Maricá-RJ, Márcio Jardim, virou alvo de mais uma polêmica e de críticas nas redes sociais.

Em um ato arriscado, profissionalmente e politicamente, o ex-secretário de Esporte do Maranhão, ex-dinista, criticou a prioridade para professores na vacinação contra a Covid-19 no estado, discordando da decisão e classificando a prática de “viés eleitoral”, indo contra a própria classe.

Nas redes e em grupos de WhatsApp, teve profissional da educação que não perdeu a oportunidade de lembrar a Jardim que ele é professor por formação, mas, há um bom tempo, nem pisa numa sala de aula e não sentiu na pele o problema.

Diante de toda a situação vivenciada em meio à pandemia, a Educação, certamente, tem sido uma das áreas mais prejudicadas, principalmente, para os estudantes que permanecem sem previsão de normalização das aulas.

Por um outro lado, ainda não se sabe, de fato, se vacinando somente os professores, esta será a solução para que as aulas retornem mesmo ao normal, pois os estudantes não estarão imunizados e também podem correr riscos, sobretudo, os das faculdades com mais idade.

Mas, de qualquer forma, com essa postura, o petista compra uma briga desnecessária com os professores, não só do estado, mas de todo o país.

E pense numa classe que não perdoa….

Categoria: Notícias