O coerente posicionamento de César Pires sobre 2022
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

O coerente posicionamento de César Pires sobre 2022

O deputado estadual César Pires, de malas prontas para o PSD, garantiu que manterá sua coerência para as eleições de 2022 e não apoiará o governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), na disputa pelo Senado.

A discussão em torno do nome do PSD para o Senado surgiu após um encontro entre o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior, que se filia ao partido na semana que vem, e uma declaração do presidente do PSD no Maranhão, o deputado federal Edilázio Júnior.

Após o encontro com Dino, Edivaldo, também de maneira coerente, deixou claro que não fará oposição ao governador Flávio Dino e deve apoiá-lo na disputa pelo Senado. O posicionamento do ex-prefeito de São Luís é extremamente coerente, afinal foram aliados durante os últimos dez anos e uma mudança repentina de postura não soaria bem para Edivaldo.

Diante dessa informação, o próprio Edilázio chegou a afirmar que o PSD, que terá Edivaldo como candidato ao Governo do Maranhão, poderá não ter candidato ao Senado na sua chapa, assegurando assim liberdade plena para Edivaldo confirmar apoio a candidatura de Dino ao Senado.

No entanto, César Pires, um dos poucos políticos que manteve firme seu posicionamento político durante os dois mandatos de Flávio Dino, disse respeitar o posicionamento de Edivaldo e do PSD, mas deixou claro, mantendo sua coerência e seu compromisso com sua história política, que o atual governador maranhense não será o seu candidato ao Senado.

A declaração dada por César Pires era esperada, afinal seria totalmente irrazoável que depois de oito anos sendo oposição as gestões de Flávio Dino, Pires passasse a pedir voto para o Senado para alguém que ele analisou não ter sido um bom governador.

Sendo assim, apesar de antagônicos, os posicionamentos de Edivaldo e César Pires são coerentes sobre Flávio Dino.

Categoria: Notícias