Blog do Professor Gil | Página 29
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Presidente nacional do PDT admite: Weverton não é candidato ‘do coração’ de Dino

Após reunião, Lupi admite: Weverton Rocha não é candidato ‘do coração’ de Flávio Dino

O presidente nacional do PDT confirmou ontem, 20, mesmo sem querer, aquilo que já é de conhecimento geral nos bastidores do governo Flávio Dino (PSB).
Após reunião com o socialista no Palácio dos Leões – da qual participaram, ainda, o senador Weverton Rocha (PDT) e o deputado licenciado e presidente do PCdoB, Márcio Jerry – o dirigente pedetista deixou escapar que sabe que o seu pupilo não é o candidato “do coração de Flávio Dino”.
Este espaço, já se sabe, está reservado para o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB).
O tucano tem a preferência do governador, e atua mais silenciosamente para se viabilizar como candidato após assumir o comando do Estado, em abril do ano que vem. Até lá, contudo, Weverton ainda deve fazer muito barulho. As informações são do Blog do Gilberto Léda.

Povoado Bonito em Caxias (MA) segue com produtividade de Melancia acima da média nacional com mais de 50 toneladas por hectare

Produtores do povoado Bonito, no 3º distrito de  Caxias (MA), a aproximadamente 15 km da zona urbana, já iniciaram a colheita de Melancia da safra 2021. Os produtores Lucídio Nunes e Francisco das Chagas (Branco), beneficiaram uma área de 3,5 hectares, e, utilizaram o sistema de Fertirrigação, uma técnica de adubação que utiliza a água de irrigação para levar nutrientes ao solo cultivado. Aqui a expectativa é retirar entre 50 e 60 toneladas por hectare. Eles também têm o apoio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca de Caxias (MA), que presta assistência técnica.

“Esse ano, não vai ser como ano passado, mas vai chegar a 60 toneladas por hectare, a expectativa é essa. Nós tivemos algumas variações do clima, mas vai dá pra ter uma colheita boa. Estamos fazendo acima da média”, afirma Francisco das Chagas (Branco), produtor.

“A Secretaria conta com um corpo técnico que presta assistência técnica, passando as melhores informações de qual o manejo adequado, no caso aqui a cultura da melancia. Então, desde o começo, desde o manejo do solo, nós passamos as informações. Aqui a adubação é via irrigação, a gente trabalha por Fertirrigação, o que é um diferencial para que a cultura atinja um ponto máximo. Nesse caso, ela está cumprindo as expectativas. Depois de nascida ela leva de quatro a cinco dias para emergir ao solo. Após a emergência, em torno de 54 dias ela está no ponto de colheita. Porque aqui na nossa região, a gente tem um dia mais longo, temos mais de 8 horas de sol”, disse Luciana Soares, secretária Municipal de Agricultura e Pesca.

Este ano, por conta da variação climática, houve uma queda na produtividade em relação ao ano passado, quando se alcançou mais 76 toneladas por hectares superando a média nacional. Toda a produção já está vendida. Ou seja, é a prova de que existe um mercado grande para melancia em Caxias (MA).

“Nós aumentamos a área. Ano passado era 1,5 hectare, e, agora é 3,5 hectare. Essa área não foi tão produtiva como ano passado por conta do clima que mudou. Tivemos chuvas extemporâneas, e, isso prejudicou. Acredito que estamos produzindo 30% a menos. Mas as peças são muito boas. Tem pessoas que ultrapassam os 20 kg. Aqui nós seguimos todas as orientações técnicas, e, isso facilita”, destaca Lucídio Nunes, produtor.

“Nós temos potencial para produzir a melancia e outras culturas, tomate, dentre outras. As vezes o produtor tem alto custo e pouco rendimento por falta de uma assistência técnica. Primeiramente é importante o planejamento. Tem que saber quanto vai gastar, para ter uma estimativa de quanto vai produzir e o quanto vai arrecadar em dinheiro”, afirma Adailton Mateus, técnico em agropecuária.

Embora seja considerada uma pequena área, o que faz a diferença por aqui, além da determinação dos produtores, é seguir as orientações técnicas, que dá resultado. Este ano algumas peças de melancia chegaram aos 20 e 22 kg, mas a média varia de 12 a 15 kg. Este ano a colheita foi dividida em três etapas. Nos próximos 15 dias, toda essa área verde, já terá também melancia no ponto de colheita. A estimativa é finalizar a colheita com mais de 150 toneladas nos 3,5 hectares.

“Tem um mercado, está saindo. A média está de 12 kg a 15 kg cada melancia. Nós estamos com uma expectativa boa para essa colheita”, disse, Francisco das Chagas (Branco), produtor.

“Nós estamos com a expectativa acima da média, mais de 20 toneladas. Porque não foi igual o ano passado, por ano passado o solo era virgem, ele estava mais rico em nutrientes. Já este ano a gente entrou com uma adubação, e, isso é normal. Mas, mesmo assim continua superando as expectativas”, frisa Luciana Soares, secretária Municipal de Agricultura e Pesca.

De acordo com o site Revista Campo e Negócios (2020), a produtividade média nacional da melancia é de 21,97 t ha -1, abaixo da média mundial (28,16 t ha-1). Mas, algumas cidades brasileiras andam na contramão à baixa produtividade nacional, é o caso por exemplo do município de: Abaeté (MG) (65,00 t ha-1), Cacique Doble (RS) (60, 00 t ha-1) e Iperó (SP) (59,06 t ha-1). A região centro-oeste apresenta a maior produtividade média do País (32,19 t ha-1), destacando-se Goiás com 40,54 t ha-1. No Estado de Goiás, mais da metade das melancias produzidas são oriundas do município de Uruana (produtividade média de 50,00 t ha-1).

Em 2020, os produtores Francisco das Chagas (Branco) e Lucídio Nunes, bateram o record nacional conseguirem atingir 76 t ha -1, numa área cultivada de 1,2 hectares. Na ocasião, Caxias superou a produtividade, com dados de 2019, da: Bahia (65 ton/ha), Goiás (56,8 ton/ha), Rio Grande do Sul (55 ton/ha) e São Paulo (63,7 ton/ha). (Da assessoria)

Carlos Lula reforça estratégia para vacinar 100% da população adulta em Afonso Cunha

No Arraial da Vacinação promovido pelo Governo do Estado e a Prefeitura de Afonso Cunha, os afonsenses aderiram ao chamamento do secretário estadual da Saúde, Carlos Lula. O público de pessoas maiores de 18 anos compareceu em massa, quarta-feira (21), para vacinação contra a Covid-19. A cidade se empenha na imunização da população e na busca pela conquista da meta de 100% vacinada.

Com a mobilização a favor da imunização, Carlos Lula foi recebido ao som de composições juninas acompanhada de faixas, homenagens e o reconhecimento das autoridades locais sobre a significativa atuação no combate à pandemia.

A atitude de Carlos Lula ganhou destaque no município de Afonso Cunha e região. O prefeito Arquimedes Bacelar disse ser de grande importância a presença do gestor na cidade. E acrescentou: “Possivelmente seremos a terceira cidade do estado 100% imunizada. Carlos Lula tem a sensibilidade de ajudar o seu povo e vejo sua presença em todo canto tratando do combate ao Covid”, disse o prefeito que também reconheceu o empenho do governador Flávio Dino no enfrentamento da pandemia.

Carlos Lula ressaltou que Arraial da Vacinação impulsionará o alcance da imunização de 100% da população adulta com a D1 no município de Afonso Cunha. “É fundamental entender o ritmo da vacinação e nós temos corrido muito para vacinar mais rápido a população do Maranhão com a primeira e a segunda dose. Sabemos do trabalho e do esforço do prefeito Arquimedes no município. O governo do Estado e a Prefeitura de Afonso Cunha estão trabalhando no mesmo sentido que é imunizar todo mundo mais rápido possível e controlar a pandemia”, destacou Carlos Lula.

Reforma do hospital

Em Afonso Cunha, o secretário Carlos Lula anunciou também a reforma estrutural do Hospital Municipal. Serão aplicados serviços como pintura, reboco, com verificação das partes elétrica e hidráulica, entre outros.

Moro conversa com Podemos sobre candidatura à Presidência ou ao Senado em 2022

Antes tratada como improvável, a disputa da eleição do próximo ano passou a ser considerada pelo ex-juiz Sergio Moro. Em conversas com lideranças do Podemos na semana passada, foram discutidas tanto a possibilidade de concorrer à Presidência da República e como de tentar uma vaga no Senado por São Paulo ou Paraná. O ex-magistrado ficou de dar uma resposta até novembro.

Desde que se mudou para os Estados Unidos, no final do ano passado, para trabalhar na consultoria Alvarez & Marsal, Moro vinha demonstrando pouco interesse em entrar na disputa eleitoral de 2022, embora nunca tenha descartado totalmente essa possibilidade. Uma pessoa que conversou com o ex-juiz recentemente disse que o “cenário está mudando e uma candidatura parece mais provável”.

A mudança no pensamento do ex-juiz da Lava-Jato seria motivada tanto pelos apelos que vêm recebendo como pela incerteza sobre a renovação de seu contrato com a Alvarez & Marsal.

Movimentos como o Vem pra Rua e Brasil Consciente, além de grupos de apoio a Lava-Jato têm pedido que Moro entre na disputa presidencial para se apresentar como alternativa aos dois nomes que lideram hoje a corrida pelo Planalto: Bolsonaro (sem partido) e o ex-presidente Lula (PT). Em grupos de Whatsapp que participa, Moro também viu os apelos aumentarem nas últimas semanas.

O ex-ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro veio ao Brasil na semana passada para visitar familiares. Durante o período no país, se reuniu com a presidente do Podemos, Renata Abreu, em Brasília, e com o senador Álvaro Dias, no Paraná. Nas conversas, Moro ficou de dar uma palavra final sobre o seu futuro até novembro. (O Globo)

Maranhão volta praticamente a vida normal, atividades estão liberadas, mas máscaras ainda são obrigatórias

O estado do Maranhão volta a viver uma situação que remonta ao período pré-pandemia. Com a flexibilização das regras sanitárias, apenas grandes eventos, aulas em escolas públicas e o uso de máscara ainda deixam evidente que estamos vivendo a pandemia da covid-19. A partir desta quarta-feira (21), estão liberados teatros, cinemas, eventos com 400 pessoas, bares e restaurantes sem restrições de horário etc.

No Maranhão, o número de internações por Covid-19 reduziu bastante, situação que se manteve desde a última semana. Por conta dessa diminuição, o governador Flávio Dino flexibilizou as normas sanitárias e ampliou o funcionamento de estabelecimentos, decretando o retorno das aulas presenciais na rede pública estadual.

As novas medidas sanitárias incluem:

– retorno às aulas na rede pública estadual, a partir do dia 2 de agosto, no sistema híbrido – presencial e remoto;
– liberados cinema, teatro e igrejas; eventos com até 200 pessoas (ambiente fechado) e 400 (ambientes abertos e ventilados);
– administração pública com 100% da capacidade; grupos de risco vacinados retornam ao trabalho (exceto gestantes);
– comércio, indústria, bares, restaurantes, supermercados, academias e shoppings podem funcionar sem restrição de horário.

As medidas valem até dia 30 de julho.

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que chegou a ficar em mais 90%, estabilizou em 65% esta semana; já os leitos clínicos, reduziram a ocupação para 48%. A taxa de contágio no Maranhão também reduziu, ficando abaixo de 1%, na lista dos estados em queda da doença; e permanece como o de menos óbitos por Covid-19 do Brasil. Quanto aos municípios, 145 estão acima dos 85% de doses aplicadas. O Maranhão já recebeu 4,4 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19.

PT não tem nada decidido e encaminhado no Maranhão, diz Gleisi Hoffmann

Presidente do Partido dos Trabalhadores contrapôs boatos espalhados pelo entorno de Weverton Rocha, de que o partido estaria fechado com o pedetista para 2022

Senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, durante entrevsita exclusiva ao Poder 360. Foto: Sérgio Lima/PODER 360

Atual 7 – A deputada Gleisi Hoffmann (PR), presidente do Partido do Trabalhadores, rechaçou no final da noite dessa segunda-feira (19) boatos espalhados pelo entorno do senador Weverton Rocha (PDT) de que o PT estaria fechado com o pedetista para a disputa pelo Palácio dos Leões em 2022.

A versão foi intensificada nos últimos dias, em razão da visita do ex-ministro lulista José Dirceu ao Maranhão.

“Não tem nada decidido e encaminhado. Zé Dirceu foi a passeio, pelo que me disse. Qualquer articulação aí [no Maranhão] envolverá a direção estadual e nacional do PT”, garantiu Gleisi ao ATUAL7.

O PT maranhense é comandado por Augusto Lobato, que já manifestou publicamente ser a favor da aliança do partido com o vice-governador Carlos Brandão (PSDB).

“Embora o PT ainda não tenha sentado para discutir alianças, vou antecipar minha posição a favor do vice-governador Carlos Brandão por sua lealdade ao governador Flávio Dino e fidelidade ao programa que está sendo desenvolvido no estado. Vou trabalhar internamente no partido para que essa posição se torne realidade”, disse Lobato ao jornalista Jorge Vieira no início do mês.

Sucessor natural e nome apoiado por Flávio Dino (PSB) para as eleições do ano que vem, Brandão assume o Palácio dos Leões a partir de abril de 2022, quando Dino terá de se desincompatibilizar do cargo para concorrer ao Senado.

Flávio Dino, Carlos Lupi, Weverton e Márcio Jerry se reúnem e dialogam sobre sobre conjuntura política do MA

O governador Flávio Dino esteve reunido, na tarde desta terça-feira (20), com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Do encontro, também participaram o senador Weverton e o deputado licenciado e presidente do PCdoB, Márcio Jerry.

“Nesta terça recebi visita do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, com o senador Weverton e o deputado Márcio Jerry. Conversamos sobre o Programa Escola Digna, do Governo, lembrando sempre Brizola e Darcy Ribeiro. E dialogamos sobre conjuntura política do Brasil e do MA”, resumiu Dino.

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, declarou que foi discutido o futuro do Maranhão e do Brasil.

Na pauta, certamente a eleição nacional e, sobretudo a local, envolvendo a candidatura de Weverton ao governo.

“Muitas coisas unem a atuação de Flávio ao PDT, uma delas é a importância dada à educação. Falamos também de política nacional e do Maranhão”, disse Weverton.

Sobre estátua da Havan, polêmicas, empregos e memes em São Luís…

Após um grupo ter se mostrado contrário à instalação de uma réplica da Estátua da Liberdade, na fachada da loja Havan em São Luís,  na última segunda-feira (19), as redes sociais foram tomadas por uma avalanche de questionamentos e uma série de memes em torno do monumento.

No meio político,  as críticas começaram pelo secretário estadual das Cidades e deputado federal, Márcio Jerry.  No Twitter, ele chamou o proprietário da Havan, Luciano Hang, de “imbecil absoluto” por utilizar a réplica da Estátua de Nova York em suas lojas pelo Brasil. O auxiliar foi bem duro  em seu posicionamento e disse que a prática é “cafonice”.

Logo após,  o secretário de Indústria e Comércio e pré-candidato ao governo,  Simplício Araújo, gravou um vídeo, onde optou por um discurso amável e de boas-vindas à Havan, afirmando que cabe à Prefeitura de São Luís a autorização para instalar a réplica da Estátua da Liberdade na loja, que está sendo concluída na Avenida Daniel de Lá Touche. Ele comemorou a chegada da empresa a São Luís com geração de empregos e de renda.

Polêmica instalada e diversos internautas e políticos, abordando o assunto e fazendo enquetes nas redes sociais, o secretário Márcio Jerry também, posteriormente, amenizou o tom das críticas e frisou o aspecto positivo dos empregos e rendas que serão gerados com o empreendimento.  No entanto,  manteve o repúdio à utilização de um símbolo norte-americano em loja, que será inaugurada, em pouco tempo, na capital maranhense.

Sátiras e Braide

Em meio a tantas polêmicas, surgiu, nas redes sociais,  uma avalanche de memes, satirizando o tema sobre a instalação da réplica da Estátua da Liberdade na loja da Havan de São Luís. No “frigir dos ovos da polêmica”, o empreendimento ainda ganhou foi propaganda e marketing gratuitos.

Caberá mesmo é ao prefeito de São Luís,  Eduardo Braide, bater o martelo sobre a permissão para que a Havan use, em sua fachada, a réplica da estátua, que é a sua marca em vários estados brasileiros.

Crise do desemprego

Enquanto a caravana passa, tudo que a população de São Luís precisa,  nesse momento de crise econômica,  provocada pela pandemia do coronavírus,  onde milhares perderam seus postos de trabalho, é de emprego e renda. O surto da doença provocou muito desemprego, não só no Maranhão,  mas no país inteiro.

Para se ter uma ideia da crise do desemprego em SãoLuís, o grupo Zara está fechando as portas, na cidade, neste mês de julho, deixando dezenas de famílias sem o pão de cada dia.

Na verdade, para a população da capital e para quem está desempregado, em dificuldade, nada importa se a Havan vem com Estátua ou sem Estátua da Liberdade. O povo quer é oportunidade de trabalho, renda e desenvolvimento.

Que venham mais empresas, Havans, indústrias, empregos e renda para São Luís! O povo clama por isso.

Raposa é o primeiro da Grande Ilha que atinge a marca de 100% vacinado com a primeira dose contra a Covid-19

O município de Raposa é o primeiro da Grande Ilha que atinge a marca de 100% vacinado com a primeira dose contra a Covid-19. O feito se refere à imunização de toda a população adulta, acima de 18 anos. Com o alcance, a cidade de Raposa se torna mais uma referência em vacinação para o Maranhão. O governador Flávio Dino esteve no município, em evento nesta segunda-feira (19), no bairro Maresia, marcado pela entrega da placa Cidade Vacinada e a inauguração de uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

O governador Flávio Dino pontuou o significado da marca alcançada. “Isso coloca a cidade na vanguarda do Maranhão e do Brasil. Resultado de uma intensa busca ativa, de casa a casa, e de convencimento das pessoas da importância de vacinar. Distribuímos doses adicionais no município e com o Arraial da Vacinação tivemos uma aceleração da imunização. A Raposa já possui indicadores declinantes e vai continuar no que refere a casos e óbitos. A cidade é um exemplo para o Maranhão”, destacou.

Flávio Dino acrescentou que as cidades da Região Metropolitana de São Luís têm avançado de maneira uniforme na vacinação. “As cidades da região estão com índices superiores a 80% de vacinação e nossa meta é que, até setembro, toda esta população receba a segunda dose da vacina. Não existe vacina 100% eficaz, mas não existe possibilidade de vencer o coronavírus sem a vacina. A vacina é essencial e imprescindível, e daí esse esforço prioritário”, reiterou.

“A cidade 100% vacinada foi resultado de um esforço conjunto e sabemos a dificuldade pelo questão de localização, e conseguimos, em um dia, vacinar todos. Fizemos um trabalho de busca das pessoas e convencimento da importância de vacinar. Estamos muito felizes com o resultado e saber que as pessoas foram convencidas de que vacinar é importante e que vai proteger a cidade e o Maranhão”, destacou o secretário de Estado de Saúde (SES), Carlos Lula.

A marca é resultado do esforço conjunto da gestão estadual e prefeitura, que se uniram pelo propósito maior de salvar vidas. No evento, o governador Flávio Dino acompanhou mais um dia de vacinação e participou da inauguração da nova UBS Maresia. A unidade vai atender no trato de doenças gripais e no combate à Covid-19. O funcionamento será 24h, todos os dias da semana, realizando os primeiros atendimentos para as pessoas que apresentarem sintomas leves e intermediários.

O prefeito Eudes Barros frisou que a palavra é de agradecimento. “Agradeço ao nosso governador e ao secretário de Saúde, que não têm medido esforços em fazer Raposa se tornar essa realidade. Ser 100% vacinada é de orgulho, atenção e respeito com o povo. Com esse patamar, a cidade que já era muito visitada, será ainda mais. O governador Flávio Dino é sempre muito presente em nossa cidade, com várias obras e ações. Muito do que foi feito aqui foi nesta gestão. Juntos, tenho certeza que faremos uma grande gestão neste município e no Governo do Estado”, enfatizou.

Marcando a conquista da cidade foi dado prosseguimento à vacinação contra a Covid-19. O proprietário de restaurante, Francisco Oliveira, 71 anos, tomou a primeira dose. “Está de parabéns a Raposa e o Governo que está viabilizando esse benefício para a cidade. Acho muito gratificante sermos premiados com esse momento. Eu iria vacinar em Tutoia, mas soube desse momento aqui e preferi vacinar na minha cidade. Essa chance que temos aqui muitos não têm, e só posso agradecer e estou muito satisfeito”, frisou.

Bolsonaro diz que não vai sancionar fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta segunda-feira (19) que não vai sancionar o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões aprovado pelo Congresso Nacional na semana passada.

De acordo com o mandatário, o valor é “astronômico” e poderia ser mais bem empregado em obras de infraestrutura.

“É uma cifra enorme, que no meu entender está sendo desperdiçada, caso ela seja sancionada. Posso adiantar para você que não será sancionada”, disse o mandatário, em entrevista à TV Brasil.

“O valor é astronômico. Mais R$ 6 bilhões para fazer campanha eleitoral. Imagine na mão do ministro [da Infraestrutura] Tarcísio [de Freitas] o que poderia ser feito com esse dinheiro”, declarou, em outro trecho da entrevista.

“Se esse recurso vai para a mão do [ministro] Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, você pode concluir as obras de água para o Nordeste.” Da Folha de SP