PF desarticula suposta quadrilha que estaria praticando extração ilegal de ouro no Maranhão
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

PF desarticula suposta quadrilha que estaria praticando extração ilegal de ouro no Maranhão

A Polícia Federal realizou, nesta quarta-feira (15), a Operação Curimã, que tem o objetivo de desarticular uma suposta organização criminosa que estaria atuando em garimpos ilegais de ouro na região do município de Centro Novo do Maranhão.

Durante as investigações, foi apurado que trata-se de uma organização armada com grande poderio econômico e político e com atuação na região de Centro Novo há pelo menos três anos. Os suspeitos são acusados pelo desmatamento ilegal de mais de 60 mil hectares de áreas para abertura de garimpos de ouro, sem qualquer autorização dos órgãos competentes.

Foi verificado que esses garimpos utilizam cianeto de forma massiva para extração do ouro, além do uso de mercúrio, situação que tem causado grande poluição ambiental do Rio Maracaçumé e doenças nos ribeirinhos.

Estão sendo cumpridos 19 mandados de busca e apreensão, além de cinco mandados de prisão preventiva nos estados do Maranhão e do Pará, expedidos pela 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado do Maranhão, em decorrência de representação da Polícia Federal.

Participam das ações de hoje 130 policiais federais, dos Estados do Maranhão, Pará e Piauí, além do Comando de Operações Táticas – COT, grupo de elite da Polícia Federal sediado em Brasília.

Categoria: Notícias