Weverton admite abdicar de 2022 se candidato do grupo for Edivaldo Jr.
Blog do Professor Gil - Timbiras e Região

Weverton admite abdicar de 2022 se candidato do grupo for Edivaldo Jr.

O senador Weverton Rocha (PDT) admitiu ontem (16), durante entrevista à Rádio Educadora, que pode abrir mão do seu projeto de candidatura a governador em 2022 se o nome do grupo Flávio Dino (PCdoB) para a disputa for o do atual prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

Nesse caso, o vice-governador, Carlos Brandão (Republicanos), também deveria abrir mão da candidatura em prol do pedetista.

“Eu sempre construí política tendo a leitura de que não se pode construir projetos pessoais. Se Flávio Dino disser: ‘Weverton, Brandão, nós temos o nome do prefeito Edivaldo bem avaliado, que pode unificar vocês’. Qual o problema de eu fazer parte deste projeto?”, questionou.

O senador também apontou como “equivocada” o que ele considera uma estratégia de Brandão de tentar afastá-lo do governador Flávio Dino, sobretudo após o PDT haver declarado apoio a Eduardo Braide (Podemos) no 2° turno da eleição em São Luís, quando o governo aderiu ao projeto de Duarte Júnior (Republicanos).

“É claro que o grupo do vice-governador tenta nos afastar de Flávio Dino, de forma equivocada, penso eu, por conta de disputas internas. Para a eles, numa conta simples, mas não inteligente, é mil vezes melhor tentar me afastar, achando que isso me enfraquecerá”, completou.

Categoria: Notícias